BJN passa a exigir o identificador ORCID ID para autores e coautores

BJN passa a exigir o identificador ORCID ID para autores e coautores

Miguel C. Riella

A partir de 2019, o Brazilian Journal of Nephrology (BJN) passa a exigir que autores e coautores dos manuscritos submetidos indiquem seus respectivos ORCID IDs.

Esta exigência consta nas Instruções aos Autores e constitui-se em uma das ações que visam o aprimoramento da qualidade formal do BJN para indexação em bases de dados internacionais.

O processo de adoção do ORCID ID pelo BJN foi realizado de forma gradual e teve seu início em janeiro de 2018, a partir da obrigatoriedade de indicação do identificador pelos autores de correspondência dos manuscritos submetidos. Já a partir de janeiro de 2019, a indicação do ORCID ID deverá ocorrer para todos os autores/coautores do manuscrito, no momento da submissão.

O ORCID ID (Open Researcher and Contributor ID ou, em português, ID Aberto de Pesquisador e Contribuidor) é um identificador digital para acadêmicos/pesquisadores, que permite a distinção de autoria de forma inequívoca, bem como conecta de forma fácil e correta os autores a sua produção científica.

Constituído por 16 dígitos apresentados no formato https://orcid.org/0000-0002-4146-8801, o ORCID ID fornece uma identidade persistentes para acadêmicos/pesquisadores e possibilita armazenar dados como nome e suas variações, e-mail, afiliação institucional, publicações, patentes, dentre outros.

O identificador é mantido por uma organização internacional, sem fins lucrativos e que representa e integra a comunidade científica de forma multidisciplinar e em nível global. A instituição mantenedora leva o mesmo nome – ORCID – e é um subconjunto International Standard Name Identifier (ISNI), que opera com o apoio da Organização Internacional para Padronização (ISO 27729).

Segundo Dr. Riella, Editor Chefe do BJN, “a utilização do ORCID ID em nossos processos de submissão e publicação de artigos, coloca o periódico em consonância com outros periódicos e grupos editoriais internacionais (Springer-Nature, PNAS, Elsevier, PLOS, etc.) que já utilizam o identificador em seus processos”.

Para que o ORCID ID seja apresentado nos manuscritos submetidos ao BJN, é necessário que autores e coautores façam a validação do identificador, a partir dos respectivos perfis no sistema de submissão do periódico (https://mc04.manuscriptcentral.com/jbn-scielo).

Vale destacar que somente os proprietários de suas contas podem fazer o preenchimento ou validação do ORCID ID, não sendo possível que o preenchimento e/ou validação sejam realizados por terceiros.

BJN passa a exigir o identificador ORCID ID para autores e coautores