Braz. J. Nephrol. 2019-08-12.

Efeitos da sertralina na prevenção de hipotensão arterial em pacientes submetidos à hemodiálise

Christine Zomer Zomer Dal Molin, Thiago Mamoru Sakae, Fabiana Schuelter-Trevisol, Daisson Jose Trevisol

DOI: 10.1590/2175-8239-jbn-2018-0189

RESUMO

Introdução:
A hipotensão intradialítica (HID) é uma das principais complicações da hemodiálise, com uma prevalência de cerca de 25% durante as sessões de hemodiálise, causando aumento da morbimortalidade.
Objetivo:
Estudar os efeitos da sertralina na prevenção da HID em pacientes em hemodiálise.
Métodos:
Este foi um ensaio clínico duplo-cego, cruzado, comparando o uso de sertralina versus placebo para reduzir a hipotensão intradialítica.
Resultados:
Dezesseis pacientes completaram as duas fases do estudo durante um período de 12 semanas. A prevalência de HID foi de 32%. Uma comparação entre intervenções intradialíticas, sintomas intradialíticos (ID) e episódios de HID não revelou diferença estatística na redução dos episódios de HID (p = 0,207) entre os dois grupos de intervenção. No entanto, o risco de intervenções para HID foi 60% maior no grupo placebo em comparação com o grupo Sertralina, e o risco de sintomas ID foi 40% maior no grupo placebo em comparação com o grupo Sertralina. A análise de sobrevida utilizando o estimador de Kaplan-Meier corroborou os resultados deste estudo. A sertralina apresentou um número necessário para tratar (NNT) de 16,3 pacientes para prevenir um episódio de intervenção de HID e 14,2 pacientes para prevenir um episódio de sintomas intradialíticos.
Conclusão:
Este estudo sugere que o uso de sertralina pode ser benéfico para reduzir o número de sintomas e intervenções de HID, embora não tenha havido diferença estatisticamente significante nos níveis pressóricos.


PALAVRAS-CHAVE
Diálise Renal; Hipotensão; Sertralina; Insuficiência Renal Crônica

Efeitos da sertralina na prevenção de hipotensão arterial em pacientes submetidos à hemodiálise

32

Comentários